Após bateria de exames, Massa recebe alta e deixa hospital

terça-feira, 4 de agosto de 2009 21:22 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O piloto Felipe Massa, da Ferrari, recebeu alta do Hospital Albert Einstein na noite desta terça-feira, após passar por uma série de exames que descartaram a necessidade de uma nova cirurgia.

"Ele foi reavaliado, fazendo novos exames de sangue. Repetimos a tomografia do crânio, a ressonância do crânio, passou por um exame oftalmológico e a conclusão é de que o Felipe não tem nenhuma necessidade de uma nova cirurgia nesse momento", disse a jornalistas Dino Altman, médico do piloto, enquanto Massa deixava o hospital de carro.

Após a alta, Massa foi para sua casa no bairro do Morumbi, região sudoeste da capital paulista e próxima ao hospital, acompanhado do pai, da mãe, do irmão e de sua mulher, Raffaela.

A única recomendação feita ao piloto por enquanto é de repouso, em casa. Ele agora passará por reavaliações oftalmológicas semanais e em um mês repetirá a tomografia e a ressonância, de acordo com Altman.

Os médicos que acompanharam o piloto desde a sua chegada ao Brasil na segunda-feira não quiseram fazer previsões sobre quando Massa deve voltar às pistas.

"Não existe uma previsão de quando ele volta a pilotar, seria prematuro falar qualquer coisa. Depende dessas reavaliações, de ele estar bem fisicamente, que não tenha nenhum risco para que novos problemas possam surgir. Isso vai ser feito de momento a momento", completou Altman.

"Ele está absolutamente de acordo com as recomendações que foram sugeridas e tenho certeza que vai segui-las e vai se empenhar o máximo para que se recupere no tempo mais curto possível."

Massa, de 28 anos, sofreu traumatismo craniano ao ser atingido por uma mola que se soltou do Brawn GP de Rubens Barrichello e bater de frente com a proteção de pneus durante os treinos classificatórios para o Grande Prêmio da Hungria, no mês passado.

Ele passou por uma cirurgia num hospital de Budapeste, capital húngara, e chegou a ficar em coma induzido e respirando com a ajuda de aparelhos. Ele chegou a São Paulo na segunda-feira à noite e entrou no hospital sorridente e acenando para os jornalistas que o aguardavam.

Para o lugar de Massa, a Ferrari escolheu o heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher, que voltará da aposentadoria para substituir o ex-companheiro de equipe.

(Reportagem de Camila Moreira)

 
<p>Piloto brasileiro de F&oacute;rmula 1 Felipe Massa da Ferrari em hospital em S&atilde;o Paulo. 03/08/2009. REUTERS/Alex Almeida</p>