Maradona já pensa em como parar o Brasil pelas Eliminatórias

quarta-feira, 5 de agosto de 2009 18:28 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina Diego Maradona disse que a chave para vencer o Brasil em setembro pelas Eliminatórias sul-americanas será tirar os espaços de Kaká e Robinho e ser preciso enquanto tiver a bola.

Maradona, que participou de muitas batalhas contra o time brasileiro na época de jogador, destacou que o triunfo contra a equipe de Dunga será fundamental para assegurar a classificação dos argentinos para a Copa da África do Sul.

"Vamos atacar e pressionar em todos os setores... Eles sabem que jogam contra a Argentina e vamos fazer com que sintam isso", afirmou Maradona à emissora de rádio Mitre.

"Não vamos dar espaço para Kaká e Robinho, e quando tivermos a bola, temos que trabalhá-la com precisão", explicou.

Maradona, em sua primeira experiência oficial como técnico da seleção, ganhou duas partidas e perdeu duas, uma delas por 6 x 1 contra a Bolívia em La Paz.

"Temos a grande chance em nosso próprio país de poder entrar na classificação, e isso todo mundo sabe", disse Maradona.

Antes de enfrentar o Brasil, a seleção argentina disputará um amistoso contra a Rússia em 12 de agosto, em Moscou.

Maradona, que recentemente falou que o encontro com os russos --marcado antes de sua chegada à seleção em novembro de 2008-- não serviria para nada, teme que algum de seus convocados se machuque.

"Não quero arriscar nada para o jogo contra o Brasil. Faltam 20 dias. Seria catastrófica a contusão de um jogador, e isso daria muito mais chances a eles", explicou Maradona.   Continuação...

 
<p>Foto de arquivo do t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o argentina, Diego Maradona, em partida das Eliminat&oacute;rias para a Copa de 2010. Ele afirmou na quarta-feira que para vencer o Brasil ser&aacute; preciso parar Kak&aacute; e Robinho. 10/06/2009. REUTERS/Kevin Granja</p>