ENTREVISTA-Nadal teme não estar em forma para aberto dos EUA

sábado, 8 de agosto de 2009 11:21 BRT
 

MONTREAL (Reuters) - O tenista espanhol Rafael Nadal teme não estar completamente em forma para o aberto dos Estados Unidos, após dois meses fora das quadras por uma lesão nos joelhos.

A ausência de 60 dias do jogador o fez perder os títulos de Rolland Garros e Wimbledon e o posto de melhor do mundo, hoje nas mãos do suíço Roger Federer.

"Não posso decidir se estarei 100 por cento para o Aberto dos EUA", disse Nadal em entrevista exclusiva à Reuters concedida na sexta-feira.

"Depende de muitos fatores, mas trabalharei o máximo que puder para estar em boas condições lá", adicionou.

O torneio dos Estados Unidos começará em 31 de agosto, em Flushing Meadows, Nova York.

O espanhol sofreu uma tendinite nos dois joelhos e não joga uma partida oficial desde que foi eliminado na quarta rodada do Aberto da França ao perder para o sueco Robin Soderling em 31 de maio passado.

Ele se retirou de Wimbledon apenas três dias antes do início do torneio em que iria defender o épico título que conquistou em 2008.

"Cheguei aos dois torneios--Wimbledon e Rolland Garros--sem estar na minha melhor forma, mas graças ao descanso estou aqui, muito contente em voltar às quadras com maior motivação de trabalhar duro para tentar meu melhor tênis tão logo seja possível."

"Sei que vai ser duro no início, porque depois de dois meses fora da competição sempre é difícil voltar depois de uma lesão", afirmou.

 
<p>O tenista espanhol Rafael Nadal teme n&atilde;o estar completamente em forma para o aberto dos Estados Unidos, ap&oacute;s dois meses fora das quadras por uma les&atilde;o nos joelhos. REUTERS/Christinne Muschi</p>