Pirlo diz que seu "não" a Chelsea prova ambição do Milan

sábado, 8 de agosto de 2009 15:37 BRT
 

MILÃO (Reuters) - Andrea Pirlo acredita que sua decisão de esnobar o Chelsea prova que o Milan é um time ambicioso e prometeu fazer seus críticos engolirem suas palavras.

Vários ex-jogadores e especialistas insinuaram que o Milan precisa se renovar e contar menos com medalhões como Pirlo, Clarence Seedorf e Gennaro Gattuso após um punhado de temporadas decepcionantes.

Mas o meio-campista da Itália não concorda.

"Se eu achasse que o objetivo do Milan é uma boa colocação na tabela, estaria no Chelsea agora", disse Pirlo ao jornal La Gazzetta dello Sport. "Quero vencer. Não são só palavras. Estou convencido de que é possível."

"Vocês verão o que esse grupo histórico pode fazer. Vamos fazer todos repensarem e engolir muitas de suas críticas."

Carlo Ancelotti, treinador do Chelsea, tentou contratar Pirlo, a peça principal do Milan que ele levou à conquista da Liga dos Campeões em 2003 e 2007.

Entretanto, o dono do clube, o premiê italiano Silvio Berlusconi, disse esta semana que a oferta do Chelsea foi rejeitada e que o jogador de 30 anos vai continuar no Milan pelo resto de sua carreira.

A insistência do novo técnico, o brasileiro Leonardo, em manter Pirlo, a maior força criativa do time após a venda de Kaká para o Real Madrid, foi fundamental, acrescentou ele.

"Ancelotti não aceitou muito bem", disse Pirlo. "Falei com ele e ele entendeu. Eu disse que Leonardo fez absoluta questão e que isso me orgulha."   Continuação...

 
<p>Andrea Pirlo acredita que sua decis&atilde;o de esnobar o Chelsea prova que o Milan &eacute; um time ambicioso e prometeu fazer seus cr&iacute;ticos engolirem suas palavras. REUTERS/Giampiero Sposito</p>