9 de Agosto de 2009 / às 16:14 / 8 anos atrás

Owen precisa provar seu talento novamente, diz Capello

<p>Michael Owen precisa provar que ainda &eacute; capaz de jogar no n&iacute;vel mais alto do futebol se ainda quiser um lugar para a Copa do Mundo, declarou o t&eacute;cnico da Inglaterra, Fabio Capello, sobre o atacante do Manchester City. REUTERS/Nigel Roddis</p>

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - Michael Owen precisa provar que ainda é capaz de jogar no nível mais alto do futebol se ainda quiser um lugar para a Copa do Mundo, declarou o técnico da Inglaterra, Fabio Capello, sobre o atacante do Manchester City.

Apesar da falta de artilheiros naturais da Inglaterra no Campeonato Inglês, Owen fez uma breve aparição sob o comando de Capello em uma partida contra a França em março de 2008.

O jogador de 29 anos, que já marcou 40 gols em 89 jogos pela seleção inglesa, foi novamente ignorado na convocação para o amistoso da próxima semana contra a Holanda.

“A porta está sempre aberta para os jogadores. Eu assisti ao jogo de Owen contra o Valencia em um amistoso na semana passada e ele jogou bem. Ele desperdiçou muitas chances de marcar gols, mas ainda estamos na pré-temporada”, disse Capello aos repórteres.

“Ele tem de jogar bem e marcar gols, nada além disso. Ele tem de ser melhor que os jogadores que tive na temporada passada.”

Capello afirmou ainda que a transferência de Owen para o campeão Manchester United deu a ele a chance de deixar para trás as várias contusões que sofreu, superar a falta de bons resultados durante o tempo que ficou no Newcastle United e irá ajudá-lo a reconstruir sua reputação.

“Acredito que sir Alex Ferguson conhece Owen muito bem”, disse Capello. “Foi muito importante para o Manchester United que ele estivesse livre. Eles não gastaram dinheiro algum, só terão de pagar o salário dele. Acho que esta é uma chance fantástica para Owen novamente jogar em um time realmente importante na Liga dos Campeões.”

“Esta é uma nova chance e isso é muito importante para o jogador. Ele tem de voltar a ser o jogador que era antes da última temporada.”

“Ele passou quatro anos em um clube que não tinha condições de brigar pelo título do Campeonato Inglês ou da Liga dos Campeões, ele não joga por um time de primeira linha há muito tempo. Mas ele é novo, ele tem apenas 29 anos. Ele não é velho, então, por que não?”

O técnico do Manchester, Ferguson, disse que Owen, que ficou oito anos no Liverpool, tem de se provar novamente.

“Nós dissemos a ele para apenas se divertir. Ele não perdeu sequer um treinamento e tem jogado muito bem e mostrado inteligência, o que tem sido muito bom”, afirmou Ferguson.

“Trata-se apenas do que Fabio pode ver, porque ele tem de escolher os melhores jogadores; o nome de Michael e sua reputação do passado não vão garantir um lugar para ele na Copa do Mundo. Será o que ele fizer conosco, no time, na próxima temporada que fará isso”, finalizou Ferguson.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below