Brasil derrota Estônia por 1 x 0 e conquista 9a vitória seguida

quarta-feira, 12 de agosto de 2009 16:22 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Com um gol único de Luis Fabiano, a seleção brasileira derrotou a Estônia por 1 x 0 em Tallinn, nesta quarta-feira, em amistoso de preparação para as eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, e aumentou sua sequência de vitórias para nove.

Em seu primeiro jogo desde a conquista do título da Copa das Confederações em junho, que levou o Brasil de volta ao topo do ranking da Fifa, o técnico Dunga aproveitou a partida contra um adversário mais fraco para realizar testes antes dos jogos contra a rival Argentina e o Paraguai, em setembro, pelas eliminatórias do Mundial.

"O importante era dar continuadade ao trabalho, manter as vitórias e colocar todo mundo para jogar", disse Dunga, após a partida, acrescentando que tinha uma preocupação com a condição física dos jogadores que estão em início de temporada na Europa.

"Nossa maior preocupação era que não acontecesse nenhuma lesão com os nosso jogadores. A maioria jogou só dois ou três amistosos, então isso dificultou bastante."

O atacante Luis Fabiano, artilheiro do Brasil na temporada, marcou o único gol do jogo aos 42 minutos, após bola mal rebatida pelo time da Estônia que bateu em Kaká e sobrou limpa para o jogador do Sevilla abrir o marcador.

De resto, o Brasil não conseguiu mostrar em campo o amplo favoritismo e pouco ameaçou o time da casa, que por sua vez tropeçou na limitação técnica de jogadores com pouca experiência.

Com o resultado, o Brasil ainda aumentou sua invencibilidade para 17 partidas, tendo perdido pela última vez em junho de 2008 para o Paraguai, fora de casa, pelas eliminatórias.

O atacante do Atlético Mineiro Diego Tardelli, destaque do Campeonato Brasileiro, fez sua estreia com a camisa da seleção ao substituir Robinho no 2o tempo da partida disputada em um estádio acanhando na capital da Estônia.

Tardelli, que tem 32 gols em 38 jogos este ano pelo Atlético, participou das principais jogadas de ataque da equipe na etapa final e arriscou um chute forte de fora da área que levou perigo ao goleiro Sergei Pareiko.   Continuação...

 
<p>Kak&aacute; &eacute; acompamjado por Dmitrijev em amistoso do Brasil contra a Est&ocirc;nia em Tallinn 12/08/2009 REUTERS/Ints Kalnins</p>