Romário afirma que jogará pelo América-RJ em homenagem ao pai

quarta-feira, 12 de agosto de 2009 20:45 BRT
 

RIO (Reuters) - O atacante Romário anunciou nesta quarta-feira que vai abandonar a aposentaria para disputar algumas partidas pelo América-RJ em homenagem a seu pai, torcedor do clube carioca que morreu no ano passado.

"Jogarei alguns minutos de uma ou duas partidas pelo América. É uma forma que encontrei para realizar um antigo sonho do meu pai", disse a jornalistas o jogador, de 43 anos, que se aposentou no início do ano passado após uma longa carreira em que afirma ter marcado mais de 1.000 gols.

Este ano, Romário assumiu uma função administrativa no América para tentar reerguer o clube, que foi semifinalista do Campeonato Brasileiro em 1986 mas atualmente está na 2a divisão do Campeonato Carioca. Romário vai defender a equipe nesta competição.

Desde que se aposentou, Romário não se manteve longe das polêmicas que marcaram sua carreira. O atacante já foi preso este ano por não pagamento de pensão alimentícia e responde na Justiça à cobrança de uma dívida, o que resultou no leilão de um apartamento seu avaliado em 8 milhões de reais.

O atacante defendeu a seleção brasileiras na Copas do Mundo de 1990 e 1994, marcando cinco gols na conquista do tetracampeonato nos EUA. No total, ele fez 73 partidas pela seleção entre 1987 e 2005, marcando 56 gols.

Romário teve quatro passagens pelo Vasco, onde começou e encerrou a carreira, e também defendeu Flamengo, Fluminense, Barcelona, PSV Eindhoven e Valencia.

(Por Pedro Fonseca)