FIA retira suspensão à Renault e Alonso pode correr em Valencia

segunda-feira, 17 de agosto de 2009 12:55 BRT
 

PARIS (Reuters) - O espanhol Fernando Alonso e a equipe Renault de Fórmula 1 estão liberados para correr no Grande Prêmio da Europa, em Valencia, no fim de semana, após ganharem nesta segunda-feira um recurso contra uma suspensão de uma corrida.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) afirmou, em comunicado, que a suspensão foi substituída por uma advertência e uma multa de 50 mil dólares.

A punição anterior impediria o espanhol Alonso de correr em casa e foi classificada como "excessiva e injusta" pela equipe Renault.

O advogado da Renault, Ali Malek, afirmou a quatro juízes durante a audiência da corte de apelação da FIA, em Paris, que "esse caso não merece mais que uma repreensão".

Malek acrescentou que, para ele, a suspensão deveria ser reservada a ofensas graves, como fraudes e má conduta intencional. "Houve alguma má conduta intencional da Renault? Não houve nada de forma alguma", disse ele.

Os organizadores da F1 haviam imposto a suspensão à equipe após uma roda do carro do bicampeão mundial Alonso ter se soltado durante o Grande Prêmio da Hungria do mês passado.

O incidente aconteceu um dia após o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, ter sofrido um grave acidente após ter sido atingido na cabeça por uma peça que se soltou do carro do compatriota Rubens Barrichello, da Brawn GP.

Alguns dias antes, o piloto britânico da Fórmula 2 Henry Surtees morreu ao ser atingido na cabeça justamente por uma roda que se soltou de outro carro durante corrida em Brands Hatch, na Inglaterra.

(Por Bertrand Boucey)

 
<p>Carro da Renault no GP da Hungria, em foto de arquivo. A FIA retirou suspens&atilde;o &agrave; Renault e Alonso poder&aacute; correr em Valencia. REUTERS/Dominic Ebenbichler</p>