Liverpool entra em crise após segunda derrota consecutiva

segunda-feira, 24 de agosto de 2009 20:54 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Liverpool perdeu pela segunda vez consecutiva em três jogos nesta segunda-feira, sofrendo uma derrota de 3 x 1 para o Aston Villa.

Um gol contra de Lucas Leiva e uma cabeçada de Curtis Davies deram ao Villa uma vantagem de 2 x 0 antes de Fernando Torres fazer um gol para o Liverpool aos 27 minutos do segundo tempo.

Quaisquer esperanças de uma reação triunfal acabaram quando Steven Gerrard derrubou brutalmente o meio-campista Nigel Reo-Coker e Ashley Young bateu pênalti e superou o goleiro Pepe Reina a 15 minutos do encerramento.

"Os primeiros 20 minutos foram bons, mas um gol contra e outro gol nos acréscimos do primeiro tempo, quando achei que estávamos jogando melhor e pressionando, foram demais contra nós", disse Rafa Benitez, técnico do Liverpool, à rádio BBC.

O Aston Villa, que em grande parte da temporada passada pareceu capaz de chegar entre os quatro primeiros do campeonato antes de perder o gás, foi vaiado após perder para o Wigan Athletic em casa na semana passada, mas o técnico Martin O'Neill ficou empolgado com a reação do time.

O Liverpool dominou o início da partida, mas ficou atrás no placar aos 34 minutos, quando uma cobrança de falta de Young foi cabeceada dentro do gol de seu próprio time por Lucas.

Mas o pior estava por vir: perto do intervalo Davies escapou de seu marcador na área e aproveitou um escanteio.

O time da casa aumentou a pressão na segunda etapa e Dirk Kuyt acertou a trave com uma cabeçada antes de Torres bater o goleiro Brad Friedel com uma bela finalização.

O gesto de cabeça quente de Gerrard, cometendo um pênalti, completou um dia terrível para o Liverpool, dando ao Villa sua primeira vitória no estádio do Liverpool em oito anos.