Cuba anuncia deserção de jogadores de basquete

quarta-feira, 26 de agosto de 2009 14:28 BRT
 

HAVANA (Reuters) - Cuba informou nesta quarta-feira a deserção de quatro jogadores de basquete ocorrida há 10 dias na Espanha e protestou contra a "comercialização dos atletas".

O jornal oficial Juventud Rebelde mencionou as deserções ao final de uma nota sobre um torneio continental de basquete classificatório para o Mundial de 2010, que começa nesta quarta-feira em Porto Rico e do qual Cuba desistiu.

"Dois jogadores da capital, Taylor García e Grismay Paumier, desertaram da seleção nacional há alguns dias na Espanha. Georffrie Silvestre e Georvis Elías também o fizeram", disse o periódico.

"Cuba ratificou nos últimos dias ser por princípio contra a comercialização dos atletas e o profissionalismo no esporte", acrescentou.

Os jogadores abandonaram a equipe no dia 17 de agosto, após um amistoso nas Ilhas Canárias contra a seleção espanhola, e iniciaram os trâmites para pedir asilo político na Espanha.

O episódio foi ampliamente divulgado pela imprensa estrangeira, mas ainda não havia sido confirmado por Cuba.

Alguns esportistas cubanos abandonaram suas equipes durante torneios no exterior, seduzidos por contratos que jamais poderiam conseguir no esporte amador da ilha.

Cuba acusa seu inimigo ideológico Estados Unidos de roubar seus talentos do esporte, principalmente em áreas fortes como o beisebol e o boxe.

(Reportagem de Esteban Israel)