Donos do Mets venderão time após perdas com Madoff--autora

sexta-feira, 28 de agosto de 2009 15:05 BRT
 

Por Ben Klayman

CHICAGO, Estados Unidos (Reuters) - Os donos do New York Mets serão forçados a vender a equipe profissional de beisebol por causa das grandes perdas que sofreram com o esquema do investidor Bernard Madoff, afirmou nesta sexta-feira a autora de um livro sobre o gestor de recursos.

A família Wilpon, liderada pelo dono do Mets, Fred Wilpon, perdeu cerca de 700 milhões de dólares por causa do esquema arquitetado por Madoff, afirma Ervin Arvedlund, autora de "Too Good to Be True".

Arvedlund afirma que não sabe os termos dos empréstimos bancários dos Wilpons, mas que os prejuízos são grandes o bastante para se dizer que a venda da equipe é uma certeza.

"É uma questão de quando", disse ela. "É possível que eles tenham que vender no próximo ano."

Fred Wilpon estava entre milhares de investidores prejudicados por Madoff, que é fã dos Mets. Wilpon comprou uma participação no time em 1980, aumentou sua fatia para 50 por cento seis meses depois e então comprou o restante com sua família e outros investidores em 2002.

Madoff admitiu culpa no início deste ano pela maior fraude em investimentos da história de Wall Street, a qual promotores afirmam que gerou prejuízo de até 65 bilhões de dólares aos participantes. Madoff agora cumpre pena de 150 anos de prisão.

O clube afirmou que Arvedlund não tem conhecimento sobre o time ou suas finanças e repetiu comentários anteriores de que a equipe não está à venda.

"A especulação dela sobre os Mets, ou qualquer parte do time, estar à venda é completamente falsa e irresponsável", afirmou o clube em comunicado.