Shevchenko deixa o Chelsea e concorda em voltar ao Dynamo

sábado, 29 de agosto de 2009 17:20 BRT
 

KIEV (Reuters) - Ex-Jogador Europeu do Ano, Andriy Shevchenko concordou em deixar o Chelsea e retornar ao Dynamo de Kiev.

"Shevchenko assinou um contrato de dois anos," informou o clube ucraniano em seu site oficial (www.fcdynamo.kiev.ua), neste sábado.

O Dynamo acrescentou que o atacante ucraniano de 32 anos será apresentado como seu jogador no domingo.

Na sexta-feira, o técnico do Chelsea, Carlo Ancelotti, disse que não poderia garantir que Shevchenko jogasse no time titular.

"Conversei com Shevchenko e ele gostaria de jogar com continuidade aqui. Para mim, é difícil dar a ele essa possibilidade e acredito que tomou a decisão correta ao se transferir," afirmou Ancelotti.

Shevchenko nunca justificou os 30 milhões de libras que o Chelsea pagou ao Milan por seu passe em 2006. Ele marcou apenas nove gols no campeonato inglês em suas duas primeiras temporadas e foi emprestado ao time italiano na última temporada.

Com a Ucrânia ainda tendo chance de se classificar para a Copa do Mundo de 2010, o atacante enfrentou uma temporada no limite no Chelsea.

Shevchenko, que trocou o Dynamo pelo Milan em 1999, também corria perigo de ser deixado fora do time de Londres que irá disputar a Liga dos Campeões, que será definido na terça-feira.

O capitão da Ucrânia é um dos artilheiros da Liga dos Campeões e terá a chance de aumentar sua marca jogando pelo Dynamo, que integra o Grupo F ao lado do campeão Barcelona, Inter de Milão e o Rubin Kazan.

(Por Martyn Herman)