Arsenal vai recorrer contra suspensão de Eduardo

quinta-feira, 3 de setembro de 2009 14:55 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O Arsenal vai recorrer contra a suspensão de duas partidas imposta pela Uefa ao atacante Eduardo da Silva, brasileiro naturalizado croata, por ter simulado um pênalti durante partida da Liga dos Campeões na semana passada.

"Temos a forte crença de que a decisão é profundamente equivocada e não se baseia em qualquer análise do vídeo disponível", disse o clube inglês em comunicado nesta quinta-feira.

"Há inconsistências e erros óbvios no juízo da Uefa e pretendemos recorrer".

O jogador recebeu a punição depois que o painel disciplinar da Uefa afirmou que ele tentou enganar o árbitro cavando um pênalti na partida da volta contra o Celtic nas eliminatórias da Liga dos Campeões.

Eduardo converteu a penalidade concedida pelo árbitro Manuel Enrique Mejuto Gonzalez, apesar de não ter havido contato aparente do atacante do Arsenal com o goleiro Artur Boruc no lace que originou o pênalti.

Seu gol deu ao Arsenal vantagem de 1 x 0 na partida, efetivamente selando a classificação da equipe, que já havia vencido por 2 x 0 a partida de ida. O Arsenal venceu o confronto por 5 x 1 no placar agregado.

A punição da Uefa significa a ausência de Eduardo nas duas primeira partidas do Arsenal pelo Grupo H da Liga dos Campeões, contra Standard Liège e Olympiakos, em setembro.

 
<p>Eduardo da Silva, do Arsenal, &eacute; acusado de cavar p&ecirc;nalti e recebe suspens&atilde;o de dois jogos REUTERS/Javier Barbancho</p>