Derrota dificulta ida da Argentina à Copa, diz Maradona

domingo, 6 de setembro de 2009 11:22 BRT
 

Por Rex Gowar

ROSARIO (Reuters) - Uma derrota por 3 x 1 para o arquirrival Brasil complicou as esperanças da Argentina de se classificar para a Copa do Mundo da África do Sul, disse Diego Maradona, técnico da seleção.

"Nós temos que ir ao Paraguai ver se conseguimos conquistar os três pontos", disse Maradona a repórteres, se referindo à próxima partida da Argentina, a ser disputada na quarta-feira em Assunção.

"Vai ser difícil, complicado e tudo mais, ainda mais após uma derrota como a de hoje. Perder para o Brasil é sempre ruim e nós tínhamos esperanças de vencer este jogo para ficarmos perto da Copa do Mundo", disse.

Os quatro primeiros colocados das eliminatórias sul-americanas se classificam automaticamente para a Copa, enquanto o quinto colocado disputa a repescagem com o quarto colocado entre os times da Concacaf.

A Argentina está na quarta posição, oito pontos atrás do Brasil, e também em desvantagem em relação a Chile e Paraguai.

Maradona, que agora tem um cartel de três derrotas e duas vitórias comandando a Argentina nas eliminatórias, se recusou a colocar a culpa em seus jogadores.

"Eu não estou reclamando dos meus jogadores. Nós não devemos cair matando em cima de (Lionel) Messi porque ele não joga sozinho", disse.

Messi era visto como a principal arma para uma vitória sobre o Brasil, mas ele foi bem marcado pela defesa verde-amarela.

"No geral, eu não estou amargurado, eu fiquei amargurado mesmo é na Bolívia", acrescentou Maradona, se referindo à derrota por 6 x 1 para o time boliviano na altitude de Laz Paz, em abril.

 
<p>Uma derrota por 3 x 1 para o arquirrival Brasil complicou as esperan&ccedil;as da Argentina de se classificar para a Copa do Mundo da &Aacute;frica do Sul, disse Diego Maradona, t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o. REUTERS/Enrique Marcarian (ARGENTINA SPORT SOCCER)</p>