Fisichella aumenta pressão sobre Button em Monza

quarta-feira, 9 de setembro de 2009 11:53 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Acusado de ter sucumbido à pressão de ser o líder do Mundial de Fórmula 1, Jenson Button terá uma dificuldade a mais no Grande Prêmio da Itália do domingo: guiar contra um motivado Giancarlo Fisichella a bordo de uma Ferrari.

A campeã Ferrari realizou o sonho do italiano Fisichella de correr pela equipe ao escolher o piloto romano como substituto do compatriota Luca Badoer, que estava correndo no lugar de Felipe Massa depois do acidente sofrido pelo brasileiro na Hungria em agosto.

Fisichella, de 36 anos, não era nem nascido quando um piloto italiano venceu pela última vez em casa no circuito de Monza, mas ele tem a chance agora de realizar mais um sonho de infância.

Ele terá o apoio da torcida, um enorme desejo de mostrar que ainda é competitivo após todos esses anos, e um carro equipado com o sistema de recuperação de energia Kers, algo que o Brawn de Button não tem.

"Será um fim de semana incrível, com muita pressão, mas essa é uma pressão que vai me incentivar", disse Fisichella ao canal de TV Sky Sports da Itália.

"Conheço bem Monza, corro lá desde 1992 quando estava na F3. É uma pista que te deixa pensar o que fazer antes de frear para a curva por causa das retas. Isso me ajuda um pouco."

O último piloto italiano a vencer uma corrida em Monza foi Ludovico Scarfiotti, com uma Ferrari, em 1996, apesar de o norte-americano nascido na Itália Mario Andretti ter ganhado com a Lotus em 1977.

Fisichella terminou em terceiro com a Renault em 2005.   Continuação...

 
<p>Agora na Ferrari, Giancarlo Fisichella pode dar trabalho a Button REUTERS/Ercole Colombo/Pool</p>