Após batida, Hamilton dá adeus à disputa do título da F1

domingo, 13 de setembro de 2009 13:26 BRT
 

Por Mark Meadows

MONZA, Itália (Reuters) - Lewis Hamilton adotou um tom desafiador depois que uma batida na última volta do Grande Prêmio da Itália neste domingo extinguiu qualquer esperança de manter seu título mundial.

O campeão de 2008 estava em terceiro, atrás das Brawn do vencedor da corrida, Rubens Barrichello, e do líder do campeonato, Jenson Button, quando errou a curva Lesmo e bateu no muro em seguida.

"As pessoas cometem erros, essas coisas acontecem", disse aos repórteres o piloto da McLaren, que largou na pole position mas caiu duas posições por causa da estratégia de duas paradas. "Eu perdi o controle da traseira e saí."

Em vez de conter o ritmo e garantir a vaga no pódio, o britânico dava o máximo nas curvas na esperança de que as Brawn errassem. Na verdade foi o próprio Hamilton quem perdeu o controle, mas se recusou a uma autocrítica muito severa.

"Não estávamos no ritmo ideal, por isso forçamos demais. Fiz tudo para alcançar as Brawn e vencer. O carro estava bom hoje, só não estava o suficiente", disse o piloto de 24 anos.

"A corrida inteira foi boa e tranqüila, e forcei ao máximo."

Hamilton, o piloto mais jovem e o primeiro negro a conquistar o campeonato mundial no ano passado, começou mal a defesa de seu título ao ser desclassificado no GP da Austrália no início do ano.

Ele continuou a lutar com um carro pouco competitivo até vencer na Hungria em julho e terminar em segundo em Valência no mês passado.

Hamilton está em sétimo na classificação geral com 27 pontos faltando quatro corridas para o final da temporada, enquanto o líder Button soma 80 pontos.

 
<p>Ap&oacute;s batida no GP da It&aacute;lia, brit&acirc;nico Lewis Hamilton deu adeus &agrave; disputa do t&iacute;tulo da F1. REUTERS/Giampiero Sposito</p>