Del Potro é recebido com festa na Argentina e quer ser número 1

quarta-feira, 16 de setembro de 2009 18:12 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O título do Aberto dos EUA foi um primeiro sonho realizado que dá lugar a um maior, ser número um do mundo, disse o tenista argentino Juan Martín del Potro, que teve uma acolhida caótica na chegada ao seu país nesta quarta-feira.

Del Potro, que completará 21 anos em 23 de setembro, conquistou o torneio de grand slam na segunda-feira ao vencer na final o suíço Roger Federer, atual número um do ranking.

"Ganhar o Aberto dos EUA era um dos meus sonhos e agora o máximo é ser o número um do mundo, embora eu ainda tenha um longo caminho porque há grandes jogadores acima de mim", disse Del Potro durante entrevista coletiva em um hotel no centro de Buenos Aires.

"Treino dia a dia para ser o número um e gosto de aprender com os grandes e disputar finais contra eles. Isso me faz crescer como tenista e como pessoa (...) mas primeiro quero desfrutar este momento", explicou Del Potro.

Nesta quarta-feira, o número cinco do ranking chegou a Buenos Aires e na saída do aeroporto foi recebido por dezenas de fãs e jornalistas, vivendo momentos de caos entre cabos, microfones, beijos e até crianças, que eram colocadas em seus braços para tirar fotos.

Um dos pontos altos de Del Potro na final contra Federer foi sua concentração e entrega nos momentos mais complicados da partida.

"A mentalidade para vencer um grand slam, para vencer Federer ou Nadal é muito importante", disse Del Potro.

"Graças à minha equipe de trabalho, posso ficar tranquilo, e isso me faz entrar em quadra para curtir o momento e a partida. Nos momentos críticos, quando estava no terceiro set, pensava que não tinha nada a perder, que queria aproveitar, relaxar", explicou Del Potro.

O argentino, que disse estar muito cansado após uma terça-feira de incontáveis entrevistas e as fotos de praxe da organização do torneio em vários lugares de Nova York, disse que espera com ansiedade a chegada do troféu.

"Disseram que vai demorar uns dias para chegar aqui, espero tê-lo em minhas mãos logo", comentou entre risadas.

(Reportagem de Luis Ampuero)

 
<p>Campe&atilde;o no Aberto dos EUA, Del Potro foi recebido com festa na Argentina REUTERS/Kevin Lamarque (UNITED STATES SPORT TENNIS)</p>