Com Federer, Suíça abre vantagem de 2 a 0 sobre Itália na Davis

sexta-feira, 18 de setembro de 2009 19:31 BRT
 

ROMA (Reuters) - O tenista número 1 do mundo, Roger Federer, conquistou uma vitória por 6-3, 6-4 e 6-1 sobre Simone Bolelli, nesta sexta-feira, para ajudar a Suíça a abrir uma vantagem de 2 a 0 sobre a Itália no confronto pela repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis disputado em Gênova.

Federer disse que estava cansado antes da partida por ter voltado esta semana de Nova York após a derrota em cinco sets na final do Aberto dos EUA para o argentino Juan Martin Del Potro, mas ele não deu sinais disso.

Federer perdeu seu serviço no quarto game do segundo set após alguns forehands errados, mas recuperou no game seguinte e conseguiu fechar a partida com facilidade.

Mais cedo, seu companheiro de equipe Stanislas Wawrinka bateu Andreas Seppi por 6-4, 6-1 e 6-2.

"Fiquei surpreso de ver como eu e Wawrinka vencemos com facilidade", disse Federer à rede de tevê Rai. "Talvez Bolelli e Seppi se colocaram sob muita pressão. Agora precisamos de apenas mais um ponto."

Federer deve unir forças com Wawrinka na partida de duplas, no sábado, contra Fabio Fognini e Potito Starace, antes de mais duas partidas de simples com os adversários invertidos no domingo.

Em outros confrontos iniciados nesta sexta-feira, a Espanha fez 2 a 0 contra Israel; a Sérvia conseguiu o mesmo placar diante do Uzbequistão; a Índia fez 2 a 0 na África do Sul; e Holanda e França empataram por 1 a 1.

O Brasil enfrenta o Equador, em Porto Alegre, tentando retornar ao Grupo Mundial da Copa Davis.

(Por Paul Virgo)

 
<p>O su&iacute;&ccedil;o Roger Federercomemora mais um ponto no jogo contra o italiano Simone Bolelli em Genova. REUTERS/Giampiero Sposito</p>