ENTREVISTA-Nuzman: "Rio está pronto para Jogos inesquecíveis"

quinta-feira, 24 de setembro de 2009 10:02 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) escolherá em 2 de outubro a cidade-sede para os Jogos Olímpicos de 2016, numa disputa que envolve Chicago, Madri, Rio de Janeiro e Tóquio.

A seguir, uma entrevista com o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e chefe da candidatura do Rio, Carlos Arthur Nuzman.

REUTERS - Por que sua cidade deve receber a Olimpíada de 2016?

NUZMAN - Os Jogos Olímpicos sempre foram os melhores quando exploraram novos territórios e tocaram as vidas de novas pessoas. Houve Jogos maravilhosos na Europa, na Oceania, na América do Norte e na Ásia, mas o sonho do Rio-2016 é trazer os Jogos para a América do Sul pela primeira vez. O Rio está pronto para realizar Jogos inesquecíveis, em um continente que inspiraria os jovens, ao mesmo tempo em que estaria totalmente alinhado com as necessidades de longo prazo da cidade e do país.

REUTERS - Qual é a força da sua candidatura e o que o senhor gostaria de melhorar se tivesse mais tempo?

NUZMAN - Com total apoio do governo para os Jogos, o Rio está pronto para começar a trabalhar em 3 de outubro se for escolhido pelo COI, sem a necessidade de empréstimos bancários ou faturamento publicitário inicial. Organizar os Jogos na América do Sul pela primeira vez tem o potencial para transformar a vida de milhões de jovens.

REUTERS - Com candidaturas obrigadas a seguir rígidas diretrizes e critérios do COI, qual é o aspecto inovador da sua proposta que a torna única?

NUZMAN - Todos os esportes durante os Jogos do Rio-2016 serão realizados dentro de uma cidade, em quatro conglomerados; em Deodoro, em torno do Maracanã, ao longo da praia de Copacabana e no vibrante bairro da Barra.

Graças aos atributos naturais ímpares da cidade e a instalações já existentes, o Rio irá fornecer locais para esportes como remo, vela, tiro e equitação dentro dos limites municipais, deixando os atletas mais próximos do coração dos Jogos.   Continuação...

 
<p>O presidente do Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico Brasileiro (COB) e chefe da candidatura do Rio, Carlos Arthur Nuzman, apresenta a candidatura da cidade em Lausanne. O Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico Internacional (COI) escolher&aacute; em 2 de outubro a cidade-sede para os Jogos Ol&iacute;mpicos de 2016, numa disputa que envolve Chicago, Madri, Rio de Janeiro e T&oacute;quio.17/06/2009.REUTERS/POOL/Dominic Favre</p>