Hamilton conquista pole em Cingapura; Barrichello larga em 10o

sábado, 26 de setembro de 2009 14:56 BRT
 

Por John O'Brien

CINGAPURA (Reuters) - O atual campeão do mundo, Lewis Hamilton, colocou sua McLaren na pole position para o GP de Cingapura no domingo, depois de Rubens Barrichello, que briga pelo título da temporada, ter se acidentado nos últimos segundos do treino classificatório neste sábado.

O britânico completou o circuito de rua de Marina Bay em 1min47s891, garantindo a primeira colocação no grid após a bandeira vermelha dada nos últimos 26 segundos de treino.

"Foi absolutamente fantástico e estou muito feliz pelo time", disse Hamilton. Esta foi sua segunda pole consecutiva, a terceira em quatro corridas e a 16a em 49 provas da carreira.

"Ao longo do final de semana, nós melhoramos constantemente a nossa performance... não sabíamos exatamente o quanto poderíamos ser rápidos. O treino livre de sexta-feira não foi bom, então vir aqui hoje e se sair tão bem é uma prova para o time, já que eles trabalharam durante a noite", acrescentou.

Sebastian Vettel, da Rede Bull, e Nico Rosberg, da Williams, largarão em segundo e terceiro, respectivamente, depois que o acidente de Barrichello os impediu de tentar bater o tempo de Hamilton.

Líder do campeonato com 14 pontos à frente de seu companheiro de equipe, Barrichello, e com quatro provas restando para o final da temporada, Jenson Button se classificou apenas com o 12o melhor tempo. Barrichello, que bateu forte no muro na curva cinco, largará duas posições adiante.

CAIXA DE CÂMBIO

O brasileiro se classificou em quinto, mas foi punido com a perda de cinco posições devido à troca da caixa de câmbio de seu carro depois da última sessão de treino livre.   Continuação...

 
<p>O atual campe&atilde;o do mundo, Lewis Hamilton, colocou sua McLaren na pole position para o GP de Cingapura no domingo, depois de Rubens Barrichello, que briga pelo t&iacute;tulo da temporada, ter se acidentado nos &uacute;ltimos segundos do treino classificat&oacute;rio neste s&aacute;bado. REUTERS/Vivek Prakash</p>