Barrichello culpa problema em box por resultado; Button comemora

domingo, 27 de setembro de 2009 14:39 BRT
 

Por Ossian Shine

CINGAPURA (Reuters) - Jenson Button conseguiu passar à frente de seu companheiro de equipe, o brasileiro Rubens Barrichello, e pressionou a Red Bull de Sebastian Vettel na tentativa de se aproximar do título neste domingo.

O líder do campeonato se recuperou da desvantagem de largar na 11a posição e terminou o Grande Prêmio de Cingapura em quinto, uma colocação adiante de Barrichello, e só uma vaga atrás de Vettel, que largou em segundo.

"Saio com um resultado que não parece muito bom no papel, mas é quase uma vitória conseguir estes pontos," disse sorrindo Button, que agora tem uma dianteira de 15 pontos sobre o brasileiro.

O alemão Vettel está 25 pontos atrás do líder da competição a três corridas do final da temporada, e Mark Webber, seu companheiro na Brawn GP, bateu e agora está matematicamente fora da disputa do título.

A Brawn, que lidera o campeonato de construtores com 153 pontos à frente da Red Bull com 110,5 na segunda colocação, pode levar o troféu no GP do Japão já na próxima semana.

"Ganhei um ponto sobre Rubens e perdi um em relação a Sebastian, então no geral foi quase a corrida perfeita," disse Button.

"Vou ao Japão na semana que vem com muito otimismo e ansioso pela corrida seguinte."

Rubinho largou na nona posição e foi ultrapassado por Button. Ele se classificou em quinto nos treinos, mas recebeu uma penalidade de cinco posições por uma troca de caixa de câmbio não programada e disse que o problema mecânico lhe custou caro.

"Infelizmente tive um problema em minha segunda parada nos boxes, quando não consegui colocar em ponto morto e o motor morreu, o que me fez perder um tempo crucial que precisava para ficar na frente de Jenson," disse o brasileiro.

"Depois disso os freios começaram a falhar e só consegui a sexta posição. Poderia ter sido um final de semana melhor, mas só perdi um ponto para Jenson no campeonato, então apesar de tudo estou otimista", acrescentou.

 
<p>Rubens Barrichello, da Brawn GP, fazendo pit stopo durante o GP de Cingapura neste domingo. Barrichello culpa problema em box por resultado; Button comemora. REUTERS/Vivek Prakash</p>