Tóquio aposta em projeto compacto para Olimpíada 2016

quinta-feira, 1 de outubro de 2009 15:42 BRT
 

Por Karolos Grohmann

COPENHAGUE (Reuters) - A cidade de Tóquio vai propor uma Olimpíada singular, colocando os atletas no centro de sua candidatura para sediar os Jogos de 2016, afirmaram autoridades ligadas à candidatura nesta quinta-feira.

A capital japonesa, que abrigou os Jogos de 1964, compete com Rio de Janeiro, Chicago e Madri. O Comitê Olímpico Internacional (COI) elegerá a sede dos Jogos de 2016 na sexta-feira.

"Eles (os Jogos de Tóquio) foram programados por atletas para atletas", disse Mikako Kotani, que ganhou medalha de bronze em nado sincronizado na Olimpíada de Seul, em 1988, e agora lidera a comissão de atletas da candidatura.

"Noventa e sete por cento das instalações estão dentro de um raio de 8 quilômetros do estádio e da vila dos atletas. Setenta por cento dos atletas ficam a menos de 10 minutos dos seus locais de competição."

A candidatura compacta de Tóquio foi elogiada por autoridades do COI, incluindo no relatório de avaliação do COI publicado no mês passado.

"Os atletas estarão no centro da vida da cidade, sãos e seguros. Esta é uma proposta única para o movimento olímpico", disse Kotani na entrevista coletiva final antes da eleição.

Falando a jornalistas em Tóquio antes de partir para a capital dinamarquesa, o novo primeiro-ministro japonês, Yukio Hatoyama, disse que uma segunda Olimpíada em Tóquio seria muito diferente da primeira.

"Temos um novo pensamento e filosofia sobre trazer os Jogos Olímpicos a Tóquio, que é ecologicamente correta e a cidade mais segura do mundo. Gostaria de ressaltar isso", disse ele.   Continuação...

 
<p>O novo primeiro-ministro japon&ecirc;s Yukio Hatoyama promete uma segunda Olimp&iacute;ada diferente em T&oacute;quio REUTERS/Lucas Jackson (UNITED STATES POLITICS)</p>