Obama usa toque pessoal para Chicago conquistar Jogos de 2016

quinta-feira, 1 de outubro de 2009 17:50 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos EUA, Barack Obama, está tentando conquistar os membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) e deve fazer telefonemas em seu voo para a Dinamarca para exortá-los a escolher Chicago como sede da Olimpíada de 2016.

Após deixar Washington na noite de quinta-feira, Obama irá preparar sua apresentação ao COI e reforçar o gesto com um lobby mais pessoal, disse o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, nesta quinta-feira.

"Obviamente ele vai fazer um apelo em nome dos Estados Unidos para exibir o país ao mundo em 2016", disse Gibbs aos repórteres quando indagado sobre a viagem de Obama a Copenhague. A votação olímpica será na sexta-feira.

Gibbs ainda disse que o presidente norte-americano "provavelmente irá continuar a ligar para os membros que irão votar" durante seu voo.

A Casa Branca anunciou no início da semana que Obama decidiu ir à Dinamarca para apoiar a campanha de Chicago.

Os organizadores da campanha esperam que Obama ajude a convencer os membros do COI a votar na cidade norte-americana no que se espera ser uma disputa acirrada.

Obama falará durante a apresentação na manhã de sexta-feira, tornando-se o primeiro presidente norte-americano a se pronunciar em uma sessão do COI.

(Reportagem de Deborah Charles)

 
<p>O presidente dos EUA, Barack Obama, est&aacute; tentando conquistar os membros do Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico Internacional (COI) e deve fazer telefonemas em seu voo para a Dinamarca para exort&aacute;-los a escolher Chicago como sede da Olimp&iacute;ada de 2016. REUTERS/Yuri Gripas (UNITED STATES POLITICS)</p>