Chicago vai de favorita a 1a eliminada na disputa por 2016

sexta-feira, 2 de outubro de 2009 12:58 BRT
 

CHICAGO (Reuters) - Soluços e lágrimas foram a reação ao anúncio desta sexta-feira de que Chicago perdeu a campanha para sediar a Olimpíada de 2016, sendo eliminada na primeira rodada de votações.

A cidade chegou a ser uma das favoritas nas apostas bilionárias de vários sites na véspera da votação do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Copenhague. Chicago foi seguida minutos depois por Tóquio, o que deixa o Rio de Janeiro e Madri na disputa.

"Ah, que decepção", disse Judy Weniger, 63, um visitante da Pensilvânia. "Ninguém esperava que isso acontecesse. Dá vontade de chorar".

Chicago mandou uma enorme delegação à Dinamarca que incluiu ex-atletas olímpicos, líderes empresariais e políticos para apoiar a campanha norte-americana, encabeçada pelo presidente Barack Obama e pela primeira-dama Michelle, que representaram sua cidade natal.

A multidão reunida em uma grande praça no centro de Chicago, com pessoas ostentando camisetas e cartazes temáticos, foi tomada pela consternação diante do anúncio.

"Agora os idosos da cidade podem voltar para casa e se dedicar a resolver os grandes problemas que temos em Chicago", disse a aposentada Judy Brady, de 64 anos.

(Reportagem de Ben Klayman, Jessica Wohl, Bradley Dorfman, James Kelleher)