América do Sul comemora escolha do Rio como sede em 2016

sexta-feira, 2 de outubro de 2009 21:32 BRT
 

Por Marco Aquino

LIMA (Reuters) - Líderes da América do Sul parabenizaram o Brasil nesta sexta-feira depois que a cidade do Rio de Janeiro foi escolhida como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e consideraram a vitória uma oportunidade para desenvolver o turismo e receber milhões de visitantes na região.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) fez o anúncio após a rodada final, na qual o Rio derrotou Madri (Espanha). Chicago (EUA) e Tóquio (Japão) haviam sido eliminadas nas duas votações anteriores.

"Foi uma notícia súbita, mas maravilhosa para nós", disse o presidente peruano, Alan García, na Embaixada do Brasil em Lima, para onde se dirigiu de imediato assim que soube da escolha da nova sede olímpica.

"Temos em mãos milhões de visitantes na América do Sul e vamos nos preparar a partir de agora para recebê-los", afirmou.

O anúncio, que faz do Rio de Janeiro a primeira cidade-sede sul-americana de uma Olimpíada, desencadeou uma festa no Brasil e o presidente Lula até chorou, emocionado com a conquista.

García disse que desde já se poderá trabalhar para que todos os cidadãos do mundo que viajem ao Brasil façam uma escala no Peru, antes ou depois da Olimpíada, para visitar lugares como Machu Pichu, o cartão postal do país.

"Essa será a maior Olimpíada do mundo", afirmou.

No Chile, a presidente Michelle Bachelet também saudou a escolha do Brasil. "Quero compartilhar uma grande alegria", disse ela a jornalistas.   Continuação...

 
<p>Centenas de pessoas comemoraram vit&oacute;ria do Rio de Janeiro para sede da Olimp&iacute;ada de 2016 em Copacabana. Am&eacute;rica do Sul tamb&eacute;m comemorou a escolha. REUTERS/Sergio Moraes</p>