3 de Outubro de 2009 / às 15:23 / 8 anos atrás

Secretário-geral da ONU pede apoio olímpico na luta climática

Por John Acher

COPENHAGUE (Reuters) - Ban Ki-moon, secretário geral da ONU, convocou o mundo do esporte e as autoridades olímpicas a apoiarem um acordo global pela melhoria do clima, que ele chamou de "corrida contra o tempo."

Prometendo "acelerar como um corredor olímpico" para garantir um acordo climático entre as nações até dezembro, Ban pediu com veemência aos membros do Comitê Olímpico Internacional e líderes esportivos, reunidos por três dias no Congresso Olímpico, que trabalhem para ajudar essa meta ser alcançada.

Líderes mundiais se reunirão em Copenhague em dezembro para tentar selar um acordo sobre as emissões globais de gás, que substituirão as determinações acordadas pelo Protocolo de Kyoto, que valem até 2012.

"A luta contra as mudanças climáticas precisa urgentemente do nosso apoio," Ban disse durante o Congresso Olímpico, que aconteceu no Bella Centre de Copenhague, onde a conferência sobre o clima será realizada entre 7 e 18 de dezembro.

"Esse é o grande desafio global de nosso tempo," disse Ban um dia após o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidir que o Rio de Janeiro será a sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

"Estamos todos correndo contra o tempo," disse ele.

Ban disse que ele "soou o alarme da Antártica até o Círculo Polar, das planícies secas da África às estepes da Mongólia," para mostrar a necessidade de se selar um acordo global sobre o clima.

Ele lembrou que organizou um encontro com mais de 100 chefes de Estado e de governo em Nova York no mês passado para pressionar os países por um acordo sobre o clima, mas que o esforço dos cidadãos também é necessário.

"Eu apelo a vocês que usem sua posição e sua influência para fazerem sua parte," disse o sul-coreano.

Ban louvou o compromisso do COI com o esporte e o meio-ambiente como "um esforço na direção certa" e disse que o conceito dos Jogos Verdes se tornou uma realidade, como foi mostrado na Olimpíada de Pequim, disputada em 2008, na qual o uso de energia proveniente de fontes renováveis foi superior a um quinto da demanda.

"Eu estou feliz porque Vancouver e Londres, que sediarão os Jogos de Inverno no ano que vem e a Olimpíada de 2012, estão comprometidas em realizar os jogos mais verdes que puderem," disse ele durante um discurso realizado no primeiro dia do Congresso Olímpico, um evento raro que reúne membros do COI e autoridades do esporte mundial.

Ban disse que ele mal podia caminhar pelo salão sem perder o fôlego.

"Mas quando se trata da luta por nossos objetivos globais em comum - por um mundo mais limpo, saudável, pacífico e próspero - eu irei correr como um corredor olímpico," disse ele.

"Eu esquiarei pela pista mais íngreme," disse ele. "Eu vou correr e correr e não vou parar até que cruzemos a linha de chegada."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below