Sharapova conquista em Tóquio primeiro título após retorno

sábado, 3 de outubro de 2009 14:02 BRT
 

Por Alastair Himmer

TÓQUIO (Reuters) - A ex-número um do mundo Maria Sharapova venceu pela segunda vez o título do Pan Pacific Open, depois que Jelena Jankovic abandonou a quadra em razão de uma contusão no pulso durante a final deste sábado.

Este é o primeiro título de Sharapova desde que passou por uma cirurgia em outubro do ano passado e o vigésimo de sua carreira. Seu último torneio conquistado havia sido Amelia Island em abril de 2008.

A russa estava à frente no placar, com 5-2 no segundo set, quando Jankovic, sétima cabeça de chave, reclamou de dores que se espalhavam pela parte inferior de seu braço direito, e então pediu para seu treinador enfaixar seu pulso na troca de lado de quadra.

A sérvia conseguiu jogar apenas mais dois pontos após o atendimento médico, e logo após anunciou sua desistência.

"Essas coisas acontecem, mas certamente vou comemorar este título," disse Sharapova aos repórteres após a final abreviada, sua segunda no ano, após o vice-campeonato conquistado em Toronto em agosto último.

"É ótimo estar com essa adrenalina novamente," acrescentou a vencedora de três títulos de grand slam, que deve voltar a figurar entre as 20 melhores tenistas do mundo, após ter chegado a Tóquio como a 25 do ranking.

"É divertido conquistar troféus novamente depois de pensar que talvez nunca mais fosse capaz de rebater uma bola de tênis de novo. Mas estou de volta e com apetite. Eu posso ser tão boa como antes e conquistar mais grand slams."

Sharapova, que bateu Jankovic, líder do ranking mundial até o fim de 2008, em cinco de seis encontros, havia conquistado o Pan Pacific Open em 2005.   Continuação...

 
<p>A russa Maria Sharapova posa com trof&eacute;u durante cerom&ocirc;nia em T&oacute;quio. A ex-n&uacute;mero um do mundo Maria Sharapova venceu pela segunda vez o t&iacute;tulo do Pan Pacific Open, depois que Jelena Jankovic abandonou a quadra em raz&atilde;o de uma contus&atilde;o no pulso durante a final deste s&aacute;bado.03/10/2009.REUTERS/Yuriko Nakao</p>