Violência entre torcedores deixa um morto e 22 feridos na Bósnia

domingo, 4 de outubro de 2009 14:49 BRT
 

MOSTAR, Bósnia (Reuters) - Um torcedor foi morto e 22 pessoas, incluindo 12 policiais, ficaram feridas em confrontos antes de uma partida válida pela primeira divisão do Campeonato Bósnio neste domingo, na cidade de Siroki Brijeg, na região Sudoeste do país, segundo informações da polícia.

A partida entre Sarajevo e Siroki Brijeg foi cancelada após algumas centenas de torcedores do Sarajevo jogarem pedras em vitrines de lojas e janelas de bares no centro da cidade, que é predominantemente croata, destruindo diversos carros e incediando um carro da polícia.

Torcedores que vieram de Sarajevo, cidade de maioria muçulmana, entraram em choque com a polícia e Vedran Puljic, de 24 anos, acabou morto, disse a polícia regional.

Mostar é conhecida pela violência entre torcedores de futebol, e observadores disseram que a maior parte da polícia regional estava mobilizada para prevenir possíveis problemas no clássico entre Zrinjski e Velez, válido pela primeira divisão.

Mostar é dividida entre bósnios muçulmanos e bósnios croatas desde o fim da guerra, que aconteceu de 1992 a 1995, com os muçulmanos torcendo para o Velez e os croatas pelo Zrinjski.

(Reportagem de Tina Jelin)

 
<p>Policiais e torcedores observam atr&aacute;s de carro destru&iacute;do em Siroki Brijeg. Um torcedor foi morto e 22 pessoas, incluindo 12 policiais, ficaram feridas em confrontos antes de uma partida v&aacute;lida pela primeira divis&atilde;o do Campeonato B&oacute;snio neste domingo, na cidade de Siroki Brijeg, na regi&atilde;o Sudoeste do pa&iacute;s, segundo informa&ccedil;&otilde;es da pol&iacute;cia.04/10/2009.REUTERS/Stringer</p>