Em meio a comédia de erros, Hertha perde mais uma no Alemão

domingo, 4 de outubro de 2009 17:14 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O Hamburgo, ajudado por uma comédia de erros da defesa adversária, virou para cima do Hertha Berlim, bateu o time da capital por 3 x 1 e segue na liderança do Campeonato Alemão, com o mesmo número de pontos do Bayer Leverkusen.

O Hertha, que jogava pela primeira vez sob o comando do novo técnico Friedhelm Funkel, o qual assumiu seu posto apenas 24 horas antes da partida, sofreu a sétima derrota consecutiva no torneio, em uma tarde de pesadelo para o goleiro reserva, o adolescente Sascha Burchert.

Com apenas sete minutos jogando como substituto de Timo Ochs, Burchert por duas vezes saiu correndo de sua área e entregou a bola para oponentes, que anotaram gols depois das lambanças.

O Hertha parecia estar saindo da má fase quando Arne Friedrich abriu o placar com apenas nove minutos de jogo. Ele correu para comemorar com os torcedores mais barra-pesada do Hertha, mas sua satisfação durou pouco.

Aos 14 do primeiro tempo, o zagueiro brasileiro Kaka, do Hertha, sem ser pressionado, cabeceou para cima de Ochs e acabou marcando um gol contra.

Ochs saiu contundido nove minutos depois e foi substituído pelo inexperiente Burchert.

Com 38 da primeira etapa, Burchert saiu correndo de sua meta para tirar uma bola, mas ela acabou nos pés de David Jarolim, do Hamburgo, que não teve problemas em acertar um chute de 25 metros com o goleiro fora de seu gol.

Dois minutos depois, Burchert mais uma vez saiu em desabalada carreira para limpar mais uma jogada e, desta vez, a bola sobrou limpa para Zé Roberto, do Hamburgo.

O meio-campista de 35 anos com várias passagens pela seleção brasileira agradeceu o presente e marcou o gol com um chute de 40 metros.   Continuação...