Argentina vive pior momento, mas irá à Copa do Mundo, diz Tevez

terça-feira, 6 de outubro de 2009 16:45 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A seleção argentina passa por um momento muito complicado, o mais difícil que Carlos Tevez viveu no time, disse nesta terça-feira o atacante, que ressaltou que apesar dos problemas, a equipe se classificará para a Copa do Mundo de 2010.

Tevez chegou nesta terça-feira a seu país para as duas últimas partidas da eliminatória sul-americana. No sábado, a Argentina jogará contra o Peru no estádio Monumental do River Plate, e na quarta-feira seguinte visitará o Uruguai no mítico Centenario de Montevidéu.

"É a fase mais difícil que já vivi na seleção. Estamos lutando para sair de uma situação que não é boa para ninguém e depende dos jogadores e do corpo técnico levar isso adiante", disse Tevez a jornalistas.

A Argentina, campeã mundial em 1978 e 1986, passa por um momento complicado na eliminatória para a Copa, em que ocupa o quinto lugar, e um passo em falso pode deixá-la de mãos vazias.

Os quatro primeiros da região se classificam, enquanto o quinto jogará uma repescagem diante de um representante da Concacaf.

"Temos que ganhar as duas partidas e não fazer tantas contas, mas primeiro temos que pensar no Peru, que não será um rival fácil", observou o centro-avante do Manchester City.

Mas Tevez não quer falar da repescagem.

"Não pensamos na repescagem, e sim em nos classificarmos diretamente. É óbvio que dependemos do que acontecer com o Equador (quarto na eliminatória), mas acho que se ganharmos os dois jogos estamos dentro", garantiu.

Na seleção, Tevez voltará a se encontrar com o veterano atacante Martín Palermo, com quem jogou no Boca Juniors antes de partir para o Corinthians.

Depois da passagem pelo clube paulista, o atacante seguiu sua carreira na Inglaterra.

(Reportagem de Luis Ampuero)

 
<p>Argentina vive pior momento, mas ir&aacute; &agrave; Copa do Mundo, disse o atacante Carlos Tevez, em foto de arquivo. REUTERS/Siphiwe Sibeko</p>