Maradona pensa se seguirá como técnico após eliminatórias

terça-feira, 6 de outubro de 2009 19:18 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina de futebol, Diego Maradona, disse nesta terça-feira que avaliará se seguirá no cargo após o fim das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, deixando entender que não se sente cômodo em suas funções.

"Julio (Grondona, chefe da AFA) me chamou em sua casa, me ofereceu o cargo e eu disse ser a pessoa mais feliz do mundo, mas depois ocorreram coisas que não gostei e se irei dizer. Se sigo, será sob minhas condições", afirmou a jornalistas.

"Depois das eliminatórias falarei com Julio", acrescentou.

O ex-astro do futebol disse que estava irritado com uma série de desentendimentos com o secretário da seleção argentina, o ex-treinador Carlos Bilardo, por haver divulgado uma lista de jogadores para um amistoso supostamente sem consultá-lo.

A Argentina, que está na zona de repescagem, enfrentará o Peru no sábado, no estádio Monumental do River Plate e, quatro dias depois, jogará contra o Uruguai, em Montevidéu.

(Reportagem de Luiz Ampuero)

 
<p>O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o argentina de futebol, Diego Maradona, no treino da equipe em Buenos Aires nesta ter&ccedil;a-feira. REUTERS/Marcos Brindicci</p>