Jacques Rogge, presidente do COI, é reeleito até 2013

sexta-feira, 9 de outubro de 2009 16:06 BRT
 

Por Karolos Grohmann

COPENHAGUE (Reuters) - Jacques Rogge foi reeleito como presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta sexta-feira para um segundo mandato até 2013.

Rogge, que não teve adversários, assumiu em 2001 no lugar de Juan Antonio Samaranch como oitavo presidente do COI desde a fundação do organismo em 1894, dois anos antes dos primeiros jogos modernos em Atenas.

"Conquistamos muito juntos. Estou orgulhoso de nosso histórico de conquistas nos últimos oito anos", disse o cirurgião ortopédico belga de 67 anos, depois de receber 88 dos 92 votos. Houve um voto contra e três abstenções.

Depois do reinado de 21 anos de Samaranch, o presidente do COI só pode servir um máximo de 12 anos, com um primeiro mandato de oito anos e um segundo de quatro anos.

"Vamos continuar a realizar Jogos notáveis, vamos resguardar e fortalecer nossas qualidades. Seremos aliados ferrenhos dos atletas e continuaremos a luta contra o doping."

Rogge assumiu em um momento delicado para o COI, atingido pelo escândalo de corrupção dos Jogos de Inverno de Salt Lake City de 2002 envolvendo subornos para angariar votos dos membros da organização.

Sob o comando do belga de fala mansa, o COI assinou contratos com lucros recordes e resistiu bem à crise global.

Rogge presidiu seus primeiros Jogos em Salt Lake City e dois anos mais tarde a Olimpíada de Atenas.

Ele também esteve à frente dos Jogos de Turim em 2006 e de Pequim em 2008, e comandará os Jogos de Inverno de Vancouver em 2010 e a próxima Olimpíada em Londres em 2012, seu último evento na presidência.

 
<p>Jacques Rogge foi reeleito presidente do COI at&eacute; 2013 REUTERS/Denis Balibouse (DENMARK SPORT OLYMPICS POLITICS)</p>