Dunga forma time de resistentes para vencer altitude boliviana

sexta-feira, 9 de outubro de 2009 19:27 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO (Reuters) - A seleção brasileira de futebol terá um time de resistentes à altitude de La Paz, no domingo, para o penúltimo jogo do Brasil nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, afirmou nesta sexta-feira o técnico Dunga durante entrevista coletiva.

O treinador ainda não revelou a equipe titular, mas já deu indicações de que irá reservar alguns titulares e priorizar os que se adaptam melhor às condições adversas da Bolívia.

Dunga deve poupar o capitão Gilberto Silva, o meia Kaká e o artilheiro Luís Fabiano contra os bolivianos.

"Aqueles que têm mais resistência vão jogar", disse o treinador ao se referir à altitude de mais de 2 mil metros em La Paz. "Vamos conversar com os jogadores hoje à noite para definir o time... vamos mexer em dois ou três sem mexer nas características do time".

A seleção titular treinou nos últimos dois dias na Granja Comary, em Teresópolis, com Júlio César, Maicon, Luizão, Miranda e André Santos; Josué, Ramirez, Diego Souza e Daniel Alves; Adriano e Nilmar

Com as contusões de Juan, Lúcio e Robinho e a decisão de poupar os três titulares, o Brasil jogará, em teoria, com um time misto contra a Bolívia.

"Nós temos 22 titulares nesse grupo. Não há titulares ou reservas", avaliou Dunga.

A CBF tentou transferir o jogo de La Paz, mas a federação local não cedeu aos apelos brasileiros. O uso de um time misto seria também uma represália à recusa boliviana.   Continuação...

 
<p>A sele&ccedil;&atilde;o brasileira de futebol ter&aacute; um time de resistentes &agrave; altitude de La Paz, no domingo, para o pen&uacute;ltimo jogo do Brasil nas eliminat&oacute;rias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, afirmou nesta sexta-feira o t&eacute;cnico Dunga durante entrevista coletiva. REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL SPORT SOCCER)</p>