Cannavaro pode ser inocentado da acusação de doping

sábado, 10 de outubro de 2009 15:16 BRT
 

MILÃO (Reuters) - Fabio Cannavaro não fez uso de doping e deve ser inocentado porque usou cortisona apenas para tratar a picada de uma vespa, disse o promotor do Comitê Olímpico antidoping, neste sábado.

O promotor Ettore Torri irá agora recomendar a um tribunal antidoping, que deve se reunir nos próximos dias, que o capitão da Itália não receba nenhum tipo de sanção.

O tribunal irá tomar a decisão final sobre o caso.

"O promotor pedirá que o caso de Cannavaro seja encerrado", afirmou um comunicado publicado pelo escritório do promotor.

"Nós podemos excluir (a possibilidade) de que Cannavaro seja responsável", acrescentou o comunicado.

"Este escritório se reserva o direito de fazer mais julgamentos no futuro a respeito de outras partes envolvidas e que sejam responsáveis."

O comunicado, no entanto, não deixou claro quem seriam as outras partes.

Cannavaro recebeu tratamento de emergência com cortisona depois de ter sido picado por uma vespa durante treino da Juventus em 28 de agosto e, então, foi pego em um teste antidoping após jogo do Campeonato Italiano dois dias depois.

O jogador de 36 anos havia pedido uma dispensa de exames após ter recebido o tratamento, mas não recebeu a documentação antes de ter sido testado.   Continuação...

 
<p>Fabio Cannavaro n&atilde;o fez uso de doping e deve ser inocentado porque usou cortisona apenas para tratar a picada de uma vespa, disse o promotor do Comit&ecirc; Ol&iacute;mpico antidoping, neste s&aacute;bado. REUTERS/David Mdzinarishvili (GEORGIA SPORT SOCCER)</p>