Button realiza sonho de criança em Interlagos

segunda-feira, 19 de outubro de 2009 15:34 BRST
 

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - Jenson Button desafiou seus críticos e realizou um sonho de infância ao se tornar o décimo campeão britânico da Fórmula 1 neste domingo.

Desdenhado por alguns como talento supervalorizado com gostos de playboy, o britânico coroou uma temporada extraordinária com um título que figura entre as mais impressionantes reviravoltas da categoria.

O piloto de 29 anos da Brawn GP estreou a temporada na Austrália em março com somente uma vitória em 153 corridas, mas com um carro forte que ele viria a descrever como "absurdo" e "animal".

Na sequência ele venceu seis das sete primeiras provas e assentou as bases de um campeonato que o elevaria ao mesmo nível de compatriotas famosos como Nigel Mansell e Lewis Hamilton.

Largando em 14o no Brasil, com seu colega de equipe e maior rival, o brasileiro Rubens Barrichello, na pole position, a decisão do título parecia prestes a ficar para a última corrida em Abu Dhabi no dia 1o de novembro.

Ao invés disso, um pneu furado no carro de Barrichello, Sebastian Vettel fora do pódio e um quinto lugar deram o título a Button.

O sonho de infância parecia impossível no final do ano passado, quando a Honda anunciou que estava se retirando da modalidade, fazendo Button e Barrichello se perguntarem se seria o final de suas carreiras.

Após sua primeira temporada com a Williams aos 20 anos em 2000, uma estreia que prometia, Button lançou uma autobiografia intitulada "My Life on the Formula One Rollercoaster" (Minha Vida na Montanha-russa da Fórmula 1).   Continuação...

 
<p>Jenson Button desafiou seus cr&iacute;ticos e realizou um sonho de inf&acirc;ncia ao se tornar o d&eacute;cimo campe&atilde;o brit&acirc;nico da F&oacute;rmula 1 neste domingo. REUTERS/Paulo Whitaker (BRAZIL SPORT MOTOR RACING)</p>