"Eu sou o campeão", diz Button sem parar

domingo, 18 de outubro de 2009 19:23 BRST
 

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - Com uma bandeira britânica proclamando Great Button --trocadilho com Great Britain (Grã-Bretanha) --sobre os ombros, Jenson Button repetia sem cessar quatro das mais melodiosas palavras da língua inglesa.

"I am the champion" (eu sou o campeão), gritava o piloto de 29 anos a qualquer um ao alcance de seus berros após realizar o sonho de toda uma vida no Grande Prêmio do Brasil neste domingo, quando um quinto lugar que ele afirmou ser como uma vitória lhe deu o título do campeonato.

"Sou o campeão do mundo, meu bem, e não vou parar de dizer isso."

"Esta corrida provavelmente foi a melhor da minha vida. Sei que é por causa da emoção, mas também porque eu sabia que tinha que fazer acontecer."

Um dia após a decepção de se classificar em 14o nos treinos debaixo de chuva, Button irrompeu em lágrimas de alegria e alívio no circuito onde marcou seus primeiros pontos aos 20 anos de idade.

Ele gritou "We Are The Champions", como na música do grupo Queen, no rádio da equipe após receber a bandeirada final, saltou do carro depois de estacioná-lo e correu para os boxes para abraçar seu pai John, soluçando como uma criança, e também os mecânicos.

"Não conseguia fazer ele me soltar", disse Button pai, segurando uma taça de champanhe.

NOITES INSONES   Continuação...