Deuses ajudam em ensaio de ritual da tocha olímpica na Grécia

quarta-feira, 21 de outubro de 2009 15:56 BRST
 

Por Ingrid Melander

OLÍMPIA, Grécia (Reuters) - Sacerdotisas orando ao deus grego Apolo sob o brilho do sol ensaiaram nesta quarta-feira na cidade de Olímpia para a cerimônia de acendimento da tocha olímpica para os Jogos de Inverno de 2010 em Vancouver, no Canadá.

A tranquilidade do evento contrastou com os protestos vistos em 2008 quando ativistas dos direitos humanos atrapalharam um evento relacionado às Olimpíadas de Pequim no local do antigo estádio olímpico, na Grécia.

Essas ações desencadearam um leva de protestos que seguiram a tocha em sua jornada de revezamento pelo mundo até a China. Os organizadores esperam alguns protestos para os Jogos Olímpicos de Inverno em Vancouver, entre 12 e 28 de fevereiro, com temas como liberdades civis e o uso do que alguns chamam de "terra de nativo americano".

Contudo, o ensaio para a cerimônia de quinta-feira ocorreu sem distúrbios, com turistas assistindo tudo pacificamente enquanto atrizes gregas vestidas como sacerdotisas acenderam a tocha com um espelho côncavo refletindo os raios do sol.

"Estou confiante de que será um grande evento amanhã, especialmente se os deuses do tempo estiverem a nosso favor", disse o diretor do revezamento da tocha, Jim Richards, à repórteres depois do ensaio. "É realmente o início do Jogos".

A cerimônia de quinta-feira será o ponto de partida para um revezamento de oito dias com a tocha por 2.000 quilômetros pela Grécia antes da tocha ser dada aos organizadores canadenses no estádio Panathinaiko de Atenas, que sediou os primeiros Jogos Olímpicos, em 1896.

 
<p>Atriz grega Nafpliotou durante ensaio em Ol&iacute;mpia para cerim&ocirc;nia de acendimento da tocha dos Jogos de Inverno de Vancouver, que vai acontecer na quinta-feira REUTERS/Yiorgos Karahalis</p>