Ex-chefe da Ferrari Jean Todt é eleito presidente da FIA

sexta-feira, 23 de outubro de 2009 10:58 BRST
 

Por Bertrand Boucey

PARIS (Reuters) - O francês Jean Todt, ex-chefe da Ferrari e candidato da situação, foi eleito presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nesta sexta-feira.

Todt, que concorreu contra o finlandês ex-campeão mundial de rali Ari Vatanen, vai suceder Max Mosley no cargo mais importante do automobilismo mundial.

"Jean Todt foi eleito presidente da FIA para um mandato de quatro anos pela Assembleia Geral da FIA durante sua reunião anual em Paris", disse a FIA em comunicado.

Autoridades disseram que Todt venceu com 135 votos ante 49 de Vatanen, com 12 abstenções.

"Isso é positivo, muito positivo", disse o heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher a repórteres após o anúncio do resultado.

Todt recebeu o apoio de Mosley durante sua campanha, e também teve a seu lado Schumacher e o chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone.

Vatanen, um ex-parlamentar da União Europeia, focou sua campanha na mudança e transparência para fazer um rompimento claro com a era Mosley.

Mosley, cuja vida privada se tornou pública no ano passado quando fotos dele numa orgia sexual sadomasoquista com prostitutas foram publicas por um jornal, era o presidente da FIA desde 1993.

 
<p>O ex-chefe da Ferrari, Jean Todt, chegam para encontro da F1 em Paris. Jean Todt foi eleito presidente da Federa&ccedil;&atilde;o Internacional de Automobilismo nesta sexta-feira em Paris.23/10/2009.REUTERS/Charles Platiau</p>