Atlético empata com o Mallorca e se complica mais no espanhol

sábado, 24 de outubro de 2009 18:36 BRST
 

Por Iain Rogers

MADRI (Reuters) - A péssima temporada do Atlético de Madri conseguiu piorar ainda mais neste sábado quando o time empatou em 1 x 1 com o Real Mallorca com apenas nove jogadores, um dia depois da demissão do técnico Abel Resino.

Diego Forlan perdeu um pênalti no primeiro tempo, mas se recuperou marcando outro, apenas para o jovem goleiro David De Gea permitir que um chute de Borja Valero desviasse em suas pernas no minuto final do tempo regulamentar.

O Atlético, agora com apenas uma vitória em oito partidas e na 14 colocação, disputava seu primeiro jogo desde a demissão de Resino, na sexta-feira, e os jogadores pareciam ansiosos para impressionar o substituto, Quique Sanchez Flores, no início do confronto. Seus esforços foram recompensados aos 27 minutos do primeiro tempo, quando o árbitro marcou pênalti porque Josemi colocou a mão na bola e mostrou a ele o cartão amarelo.

Forlan foi até a marca de pênalti, mas chutou para fora. O atacante uruguaio teve uma segunda chance cinco minutos depois no segundo tempo, quando Ivan Ramis também colocou a mão na bola na grande área e recebeu cartão amarelo. Dessa vez, Forlan não desperdiçou.

O meio-campo Valero recebeu um cruzamento longo aos 45 do segundo tempo e quando De Gea tentou tirar seu chute de um ângulo apertado, mas apenas conseguiu colocar a bola para dentro do gol.

 
<p>Jos&eacute; Antonio Reyes, do Atl&eacute;tico Madrid, durante o jogo contra o Real Mallorca, em Madrid. REUTERS/Dani Cardona</p>