Sánchez Flores quer devolver moral ao Atlético de Madrid

segunda-feira, 26 de outubro de 2009 18:12 BRST
 

MADRI (Reuters) - O novo técnico do Atlético de Madrid, Quique Sánchez Flores, quer recuperar a moral e a qualidade da equipe, que está em 17o lugar no Campeonato Espanhol e em último em seu grupo da Liga dos Campeões. Flores substitui Abel Resino no cargo.

O clube está na lanterna do Grupo D da Liga dos Campeões sem ter marcado um gol depois de ser derrotado na quarta-feira por 4 x 0 pelo Chelsea.

"Acho que sobram palavras de minha parte, o que falta é muito trabalho, é levantar a moral desses jogadores que são muito bons, por isso pertencem a um clube histórico", disse Sánchez Flores, ex-técnico do Valencia e do Benfica, durante apresentação como técnico do Atlético de Madrid.

Sánchez Flores quer que o time volte a ficar entre os melhores da Espanha e da Europa. Ele estreará contra o Marbella na terça-feira, em jogo de ida da Copa do Rei.

"Todos os jogos são importantes e é preciso ser capaz de ganhar todos. Não há milagres no mundo do futebol e agora precisamos ver o que os jogadores serão capazes de fazer com esse novo impulso", destacou.

(Reportagem de Emma Pinedo)