Preparativos para Jogos dão impulso à economia em Vancouver

quinta-feira, 5 de novembro de 2009 21:05 BRST
 

Por Allan Dowd

VANCOUVER, Canadá (Reuters) - Os preparativos para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 em Vancouver, no Canadá, propiciaram à região um impulso econômico comparável àqueles vividos por outras cidades anfitriãs no passado, segundo um estudo divulgado nesta quinta-feira.

Construção de espaços para os eventos e outros preparativos para os Jogos de 2003 a 2008 ajudaram a criar de 15.875 a 20.780 empregos, expandindo a economia da área, que já era forte.

O relatório da PricewaterhouseCoopers é o primeiro estudo do impacto econômico dos Jogos em Vancouver e outras partes do Canadá.

Organizadores da campanha do Canadá para os Jogos enfatizaram seu potencial benefício econômico, como parte de seu empenho para conquistar o apoio local para sediar o evento internacional, de 17 dias de duração, com início marcado para 12 de fevereiro.

Os trabalhos antes dos jogos resultaram em uma quantia entre 684 milhões de dólares canadenses e 884 milhões de dólares canadenses em atividade econômica real na província de Colúmbia Britânica, onde se localiza Vancouver, e até 170 milhões de dólares canadenses no restante do país..

Os governos federal e provincial pagaram 525 milhões de dólares canadenses pela construção de infraestrutura para sediar os Jogos. Mais 600 milhões de dólares canadenses foram gastos em outras obras por grupos e empresas envolvidas.

O dinheiro público também custeou grandes rodovias, projetos de centros de convenção, entre outras obras, mas os governos argumentam que nesse caso não se tratou de gastos olímpicos porque elas seriam feitas independentemente da realização das Olimpíadas de Inverno.

O aumento no emprego na região de Vancouver parece se assemelhar ao ocorrido nos Jogos de Inverno de 2006, em Turim, na Itália, e nos de Salt Lake City, nos EUA, em 2002, segundo os pesquisadores.   Continuação...