CBF não libera dupla da Roma; Simplício substitui Ramires

segunda-feira, 9 de novembro de 2009 16:42 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informou nesta segunda-feira que não aceitou o pedido da Roma para que o goleiro Doni e o zagueiro Juan fossem liberados da convocação para os amistosos deste mês contra Inglaterra e Omã.

Os dois jogadores desfalcaram o time italiano no empate por 1 x 1 com a Inter de Milão, no domingo, e a Roma disse que Doni tem uma lesão na coxa e Juan, uma distensão muscular na panturrilha.

A CBF, no entanto, afirmou que ambos se apresentarão com o restante da equipe para os dois amistosos no Oriente Médio --dia 14 contra a Inglaterra, em Doha, e três dias depois contra Omã, em Mascate.

"Nenhum jogador foi liberado. Os amistosos são em datas Fifa e os dois jogadores vão se apresentar normalmente", disse por telefone o chefe de comunicação CBF, Rodrigo Paiva, acrescentando que Doni e Juan serão avaliados pela equipe médica da seleção caso se queixem de alguma contusão.

Mais cedo, o gerente de recursos humanos da Roma, Gianpaolo Montali, disse ao jornal Gazzetta dello Sport que "Doni e Juan vão ficar em Roma sendo tratados, uma vez que o Brasil estará jogando apenas dois amistosos e as regras permitem isso."

Quem não vai se apresentar ao técnico Dunga é o meia Ramires, do Benfica, que sofreu uma lesão muscular na coxa na vitória de seu clube sobre o Everton, na semana passada, pela Liga Europa, e foi cortado da seleção brasileira.

O ex-jogador do Cruzeiro será substituído na equipe por Fabio Simplício, do Palermo.

(Por Pedro Fonseca)

 
<p>CBF n&atilde;o liberou o goleiro Doni, em foto de arquivo, e o zagueiro Juan da Roma para os amistosos deste m&ecirc;s contra Inglaterra e Om&atilde;. REUTERS/Giampiero Sposito</p>