Brawn desfila como campeão em cidade-sede da equipe

segunda-feira, 9 de novembro de 2009 18:28 BRST
 

Por Alan Baldwin

BRACKLEY, Grã-Bretanha (Reuters) - Jenson Button faltou na segunda-feira ao desfile da vitória na cidade sede da sua equipe, mas Ross Brawn acalmou os temores de que o campeão da Fórmula 1 tivesse ido embora para sempre.

"Posso lhes dar 99 por cento (de certeza sobre a permanência) de Jenson Button", disse o dirigente a jornalistas, repetindo o percentual que dera no mês passado.

A Brawn ainda não confirmou seus pilotos para 2010. Button, de 29 anos, quer um contrato melhor, enquanto o veterano Rubens Barrichello provavelmente irá para a Williams, numa troca com o alemão Nico Rosberg.

Metido num espesso sobretudo, numa tarde fria e enevoada, Brawn agradeceu a comunidade local por seu apoio nos dias difíceis, depois que a Honda abandonou a categoria, em dezembro passado.

Brawn assumiu a estrutura deixada pelos japoneses e levou a equipe ao título de pilotos e construtores já no seu ano de estreia, um feito inédito.

"É justo dizer que eu tive alguns dias muito especiais na minha carreira no automobilismo, e este está no topo da lista. É fantástico", disse depois de os membros da equipe serem transportados em três ônibus abertos pelas ruas de Brackley até a praça da cidade.

Brawn disse que "a comunidade local passou por um contraste incrível" neste ano.

"Das profundezas do desespero durante o verão (com o fim da Honda) até a conquista do campeonato, não consigo pensar em dois contrastes maiores - de tão baixo para tão incrivelmente alto".

"Parece ser um campeonato que cativou a imaginação do público, por causa das circunstâncias por trás dele. Foi uma jornada incrível", acrescentou.