Goleiro da Alemanha Robert Enke morre em aparente suicídio

terça-feira, 10 de novembro de 2009 20:44 BRST
 

BERLIM (Reuters) - O goleiro da Alemanha e do Hanover Robert Enke morreu após ser atingido por um trem em um aparente suicídio, disse a polícia local nesta terça-feira.

"As primeiras indicações apontam para suicídio", disse à Reuters um assessor da polícia da Baixa Saxônia antes de acrescentar que o corpo de Enke foi encontrado em um cruzamento de trem a cerca de 25 quilômetros nordeste de Hanover.

A federação alemã de futebol (DFB, na sigla em alemão) disse em comunicado que "a equipe alemã tomou conhecimento da morte de Robert Enke com grande choque".

"O técnico da seleção nacional Joachim Loew e o diretor Oliver Bierhoff disseram 'estamos todos chocados, estamos sem palavras'".

O presidente da DFB, Theo Zwanziger, disse que a federação lamenta a morte. "Nossos pesares para sua esposa e família".

Reservado e de poucas palavras, o goleiro de 32 anos conquistou oito convocações internacionais e poderia integrar o elenco alemão para a Copa do Mundo da África do Sul, em 2010.

Ele desfalcou a seleção nos últimos três jogos das eliminatórias com uma infecção no estômago e havia retornado aos campos após quase dois meses afastado.

"Esta é uma tragédia", disse a repórteres o presidente do Hanover, Martin Kind.

Apesar de não ter sido convocado para dois amistosos contra o Chile e a Costa do Marfim neste mês, mesmo após Rene Adler ter desfalcado o time com uma infecção no olho, Loew disse que Enke ainda era favorito para a vaga.   Continuação...

 
<p>Goleiro da Alemanha Robert Enke, em foto de arquivo, morreu em acidente na Alemanha. REUTERS/Ina Fassbender/Files</p>