14 de Novembro de 2009 / às 14:14 / 8 anos atrás

Button visita fábrica da McLaren e alimenta rumores

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Jenson Button, atual campeão de Fórmula 1, visitou a McLaren na sexta-feira e alimentou ainda mais os rumores de que ele pode se transferir da Brawn para ser companheiro de Lewis Hamilton na próxima temporada.

"Logo depois de aterrissar no aeroporto de Heathrow, Jenson fez um pequeno desvio aqui para Woking para dar um alô", disse um porta-voz da McLaren.

Ele confirmou que o piloto britânico de 29 anos fez uma visita guiada pela fábrica e encontrou-se com o chefe de equipe Martin Whitmarsh.

Button está sem contrato com a Brawn --equipe que usa motores Mercedes--, que quer mantê-lo como piloto, mas não a qualquer preço.

Ross Brawn, chefe da equipe que leva seu nome, disse ainda nessa semana que a possibilidade de um acordo para manter Button era de 99 por cento, acrescentando nas entrelinhas que a escuderia poderia dar ao piloto mais espaço para ele conseguir patrocínios pessoais.

"Nós podemos oferecer uma maior proporção de liberdade para o piloto, e esse provavelmente será o caminho que nós tomaremos," disse ele.

Button sofreu um significativo corte de salário, cerca de 8 milhões de dólares, conforme algumas informações publicadas na imprensa, para seguir na Brawn neste ano, depois que a Honda, antiga dona da equipe, decidiu abandonar a categoria em dezembro último.

Ainda que os salários dos pilotos sejam um dos primeiros itens a serem afetados com a redução de custos, Button quer seu nível salarial restabelecido para um nível mais compatível com o de um campeão mundial --que seria próximo de 8 milhões de libras esterlinas.

A McLaren, que tem o campeão mundial de 2008, Hamilton, recebendo uma quantia razoavelmente mais alta que isso, não teria problemas em atender às demandas financeiras de Button.

Se Button for contratado, a McLaren teria uma dupla com os dois últimos campeões mundiais pela primeira vez desde que o brasileiro Ayrton Senna e o francês Alain Prost correram pela equipe em 1989. Também seria a primeira vez que o time teria uma dupla britânica em seus carros.

O website do jornal inglês The Guardian (www.guardian.co.uk) informou que Button e seu empresário Richard Goddard fizeram uma visita guiada pelas instalações da McLaren.

"Como eu já disse muitas vezes antes, Jenson quer pilotar um carro que seja capaz de vencer o próximo campeonato mundial," disse Goddard ao jornal.

"Nós estamos conversando sobre um possível contrato com a Brawn para 2010 por meses e nós não estamos dificultando ou pedindo valores altos demais nas demandas de Jenson."

"Na verdade, até deixamos de lado vários aspectos na negociação nas nossas conversas com eles."

O jornal disse que o contrato deve ser assinado na próxima semana.

Kimi Raikkonen, ex-piloto da McLaren, que deixou a Ferrari no fim desta temporada, pode ser a segunda opção da equipe de Woking se o acordo com Button não der certo. O alemão Nick Heidfeld é o terceiro da lista.

"Eu penso que também é importante que Jenson se sinta valorizado, qualquer que seja a saída escolhida por ele para a próxima temporada," disse Goddard.

"Ele tem que aproveitar todas as opções possíveis."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below