Nova Lotus, da Malásia, completa testes de impacto

sábado, 14 de novembro de 2009 14:32 BRST
 

KUALA LUMPUR (Reuters) - A nova Lotus, financiada por um grupo da Malásia, divulgou que obteve sucesso em um teste de impacto de seus carros, realizados nas instalações da equipe, em mais um passo para realizar seu retorno à Fórmula 1 na próxima temporada.

A equipe distribuiu um comunicado em que informa a condução de testes privados para avaliar impactos na lateral e no nariz do carro, segundo informações da Banama, nova agência de notícias estatal da Malásia.

O relatório diz que o nariz do carro ficou danificado com o impacto, mas a linha vertical, que deve permanecer intacta após o impacto, manteve-se inalterada.

A Lotus ainda tem que passar por testes de impacto oficiais, conduzidos pela Federação Internacional de Automobilismo, entidade que comanda a categoria.

De acordo com as regras rígidas da FIA sobre segurança, todos os carros devem passar por testes de impacto obrigatórios antes de serem autorizadas a correr na Fórmula 1.

A nova equipe Lotus reapareceu em setembro, como uma colaboração entre o governo malaio, que não detém participação na equipe, e um trio de empreendedores.

A Lotus pretende colocar seu novo carro nas pistas em meados de fevereiro, para testá-lo antes do início da temporada, que acontece em março, no Bahrein.

O capital inicial da Lotus é de cerca de 47 milhões de dólares, muito pouco se comparado ao orçamento da Ferrari, por exemplo, que é estimado entre 300 e 400 milhões de dólares.

 
<p>Modelo de um F1 da equipe Lotus. A nova Lotus, financiada por um grupo da Mal&aacute;sia, divulgou que obteve sucesso em um teste de impacto de seus carros, realizados nas instala&ccedil;&otilde;es da equipe, em mais um passo para realizar seu retorno &agrave; F&oacute;rmula 1 na pr&oacute;xima temporada.15/09/2009.REUTERS/Bazuki Muhammad</p>