14 de Novembro de 2009 / às 19:50 / 8 anos atrás

Nilmar marca e Brasil vence Inglaterra por 1x0 em jogo morno

<p>Nilmar (dir) comemora gol contra Inglaterra, em Doha. Um gol de Nilmar no come&ccedil;o do segundo tempo garantiu ao Brasil uma vit&oacute;ria por 1 x 0 sobre a Inglaterra, neste s&aacute;bado, em um amistoso no Catar sem grandes emo&ccedil;&otilde;es entre dois dos favoritos &agrave; Copa do Mundo do ano que vem.14/11/2009.Eddie Keogh</p>

RIO (Reuters) - Um gol de Nilmar no começo do segundo tempo garantiu ao Brasil uma vitória por 1 x 0 sobre a Inglaterra, neste sábado, em um amistoso no Catar sem grandes emoções entre dois dos favoritos à Copa do Mundo do ano que vem.

Contra uma seleção inglesa sem vários titulares, o Brasil praticamente não foi ameaçado e chegou ao gol da vitória numa cabeçada do atacante do Villarreal logo a 1 minuto da etapa final.

Nilmar ainda sofreu um pênalti 10 minutos depois que poderia ter dado à seleção brasileira uma vantagem mais confortável no amistoso disputado em Doha, mas seu companheiro de ataque Luis Fabiano cobrou mal e jogou a bola por cima do gol.

Do lado da Inglaterra, que teve em campo apenas Wayne Rooney entre os titulares da equipe que classificou-se com facilidade para o Mundial da África do Sul, as tradicionais bolas cruzadas pelo alto para a área não surtiram efeito e o time praticamente não criou chances de gol.

Enquanto o técnico da Inglaterra, Fabio Capello, aproveitou a partida para colocar em campo um time praticamente todo renovado, Dunga escalou o Brasil com seus titulares habituais, à exceção dos lesionados. A única novidade do time brasileiro foi a estreia de Michel Bastos, do Olympique de Lyon, na lateral- esquerda.

Se em todo o primeiro tempo o Brasil limitou-se a apenas três chutes a gol, nenhum com muito perigo, a equipe precisou de apenas um minuto para abrir o marcador depois do intervalo.

Após bola recuperada no meio-campo, Elano lançou em profundidade pelo alto, e Nilmar tocou de cabeça de primeira, encobrindo o goleiro inglês Ben Foster.

Pouco depois, o mesmo Nilmar driblou Foster dentro da área após bola mal recuada pelo zagueiro Wes Brown e foi derrubado pelo goleiro, que cometeu pênalti e recebeu cartão amarelo. Na cobrança, Luis Fabiano pegou muito embaixo da bola e mandou por cima do gol.

Dunga aproveitou que o Brasil não estava sofrendo ameaça e promoveu mudanças na seleção, dando a chance de estreia ao atacante Hulk, convocado pela primeira vez para a seleção. Além dele, também entraram em campo Daniel Alves, Júlio Baptista e Carlos Eduardo, outro estreante com a camisa do Brasil.

"Temos poucas oportunidades, e espero ter mostrado um bom futebol", disse Michel Bastos depois do jogo.

O Brasil ainda teve outra boa oportunidade de marcar, mas um chute forte do capitão Lúcio de fora da área acertou a trave, aos 32 minutos.

A partida contra a Inglaterra foi a penúltima do Brasil no ano.

Na terça-feira, o Brasil fará o último jogo da temporada contra Omã, em Mascate.

O jogo em Doha também marcou o lançamento oficial da candidatura do Catar para organizar a Copa do Mundo de 2022. As sedes das Copas de 2018 e 2022 serão anunciadas juntas em dezembro do ano que vem. O Mundial de 2014 será realizado no Brasil.

Por Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below