Seleção brasileira é melhor que a espanhola, diz Capello

domingo, 15 de novembro de 2009 18:28 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O Brasil, e não a Espanha, é quem vai estabelecer o ritmo na próxima Copa do Mundo, afirmou Fabio Capello, técnico da seleção inglesa que perdeu por 1 x 0 para os pentacampeões em Doha no sábado.

A Inglaterra, que vai começar como uma das principais forças na África do Sul, mal chutou a gol durante o amistoso. Sem Frank Lampard, Steven Gerrard e John Terry, a equipe do italiano se preocupou com a facilidade que o Brasil teve na partida.

"Foi a primeira vez que enfrentamos um time tão forte fisicamente, rápido e tecnicamente bom", disse Capello a jornais ingleses.

"O estilo deles é muito diferente do da Espanha. A Espanha é realmente boa tecnicamente. Eles passam muito a bola, mas não são tão fortes e não defendem tão bem."

Segundo Capello, quando a Inglaterra enfrentou a Espanha em um amistoso, a equipe espanhola era muito boa, mas mesmo assim a Inglaterra conseguiu criar quatro chances de gol.

"(Contra o Brasil) eu contei duas --uma quando James Milner cruzou a bola e outra quando Wayne Rooney tentou chutar depois de um drible. Quando você olha para isso, eu não acho que o Brasil será fácil de derrotar."

A Inglaterra perdeu para a Espanha por 2 x 0 em um amistoso realizado em fevereiro.

O atacante Wayne Rooney, que teve uma noite frustrante na primeira vez em que usou a braçadeira de capitão por seu país, disse que a capacidade do time do técnico Dunga de segurar a bola foi a diferença.

"O Brasil foi melhor e mereceu vencer", disse ele ao site da FA, a associação inglesa de futebol.

"Foi um jogo difícil, já que eles movimentam a bola muito bem e você tem de ir atrás, o que é difícil de fazer em 90 minutos. Foi decepcionante, porque somos melhores do que isso."

(Por Martyn Herman)

 
<p>O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o inglesa, Fabio Capello, cumprimenta Jermaine Jenas ap&oacute;s derrota para o Brasil, no Qatar. O Brasil, e n&atilde;o a Espanha, &eacute; quem vai estabelecer o ritmo na pr&oacute;xima Copa do Mundo, afirmou Fabio Capello, t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o inglesa que perdeu por 1 x 0 para os pentacampe&otilde;es em Doha no s&aacute;bado.14/11/2009.REUTERS/ Eddie Keogh</p>