Mercedes vai deixar decisão sobre pilotos para Ross Brawn

segunda-feira, 16 de novembro de 2009 17:44 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Mercedes disse que não vai dizer a Ross Brawn quais pilotos contratar após ter assumido o controle da equipe campeã da Fórmula 1 neste ano.

"Ross Brawn é o chefe da equipe e não seria inteligente da nossa parte ditar qualquer coisa sobre os pilotos", disse a repórteres nesta segunda-feira Dieter Zetsche, presidente da Daimler, dona da Mercedes. "Vamos ouvir o que ele quer e concordar".

A Brawn conquistou os títulos de pilotos e construtores neste ano, com o britânico Jenson Button sagrando-se grande vencedor. O outro piloto da equipe, Rubens Barrichello, venceu duas provas e terminou em terceiro lugar no campeonato.

Após o fim da temporada, o brasileiro trocou a Brawn pela Williams, enquanto Button ainda não renovou seu contrato e tem negociado com a McLaren, que já tem o britânico campeão de 2008 Lewis Hamilton.

Nico Rosberg está praticamente certo de ser anunciado pela Brawn como um dos pilotos para 2010, e há especulação de que a escuderia poderia ter dois pilotos alemães, com Nick Heidfeld na outra vaga, após a BMW ter deixado o esporte.

"É claro que a Mercedes planejava há alguma tempo comprar a Brawn e é claro que eles estão procurando dois pilotos alemães", disse o ex-chefe de equipe e atualmente comentarista da rádio BBC Eddie Jordan, após o anúncio da compra nesta segunda-feira.

"Então, se for uma equipe alemã, isso abre as portas para Jenson ir para outro lugar, como a McLaren, criando uma equipe de estrelas britânicas."

(Por Alan Baldwin)