Portugal promete ataque total contra a Bósnia na repescagem

segunda-feira, 16 de novembro de 2009 19:19 BRST
 

LISBOA (Reuters) - Apesar de jogar pelo empate, Portugal vai atacar a Bósnia a partir do primeiro minuto no segundo jogo da repescagem para a Copa do Mundo, na quarta-feira, disse o zagueiro Ricardo Carvalho nesta segunda-feira.

Segundo ele, a equipe não se acomodará com a vitória de 1 x 0 no jogo de ida, no sábado, em casa, quando entrar em campo na partida em Zenica.

"É importante não começar jogando na defesa, temos de jogar nosso futebol e tentar marcar", disse Carvalho. "Quando tivermos a bola, vamos tentar atacar desde o primeiro minuto, mas se chegarmos aos 80 minutos e estiver 0 x 0, também sabemos que nesse momento a coisa importante será defender bem."

Um gol de cabeça de Bruno Alves selou a vitória portuguesa em casa. O time desperdiçou várias chances, mas também viu a Bósnia carimbar a trave duas vezes no minuto final.

Para o jogo decisivo, Portugal novamente não contará com Cristiano Ronaldo, ainda machucado. O técnico Carlos Queiroz disse que o gramado ruim, a neve e o entusiasmo da torcida bósnia serão os maiores desafios em Zenica.

"Como contemos essa atmosfera? Tentando manter a bola e jogar, sempre sendo perigosos", disse Carvalho.

"(A Bósnia) tem muita esperança, mas nós também, e se tivermos a bola vamos ganhar confiança, porque também não é fácil jogar conosco, e se marcarmos um gol a situação fica complicada para eles."

(Reportagem de Shrikesh Laxmidas)